sexta-feira, 26 de julho de 2013

Acessibilidade

O tema acima é de fundamental importância para todos. Quando se fala de acessibilidade existe a associação natural e compreensível com a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, na sociedade. É ISSO TAMBÉM, mas não se pode esquecer de outros setores da sociedade que também fazem parte do grupo das pessoas com necessidades especiais, como idosos, gestantes e pessoas temporariamente limitadas fisicamente (recém-operados). A verdade é que todos têm necessidades especiais. As reformas arquitetônicas e educacionais devem ser feitas em prol de todos os segmentos. Sem dúvida, as pessoas com deficiência possuem maiores obstáculos para a sua cidadania. O direito de ir e vir é ferido a partir do momento que um cadeirante ou cego possui dificuldades gigantescas para embarcar em ônibus para ir à escola. Sair de casa para esse importante público é uma aventura digna de um Indiana Jones, eterna personagem interpretada por Harrison Ford, criada por George Lucas e com direção, nos quatro filmes da série cinematográfica, do genial Steven Spielberg. A exclusão da escola às pessoas com deficiência é cruel e faz com que essas não consigam competir de igual para igual com a maioria sem limitações físicas, dependendo eternamente da cota para funções apenas burocráticas e nada intelectuais ou de chefia. No entanto, é bom lembrar que o descaso tem como alvo todos nós. A acessibilidade é um direito, aliás, um bem comum.

Nenhum comentário: