domingo, 14 de dezembro de 2008

Esperança de campeão

Medalha de ouro nos 800m nos Jogos Olímpicos de Los Angeles-1984, Joaquim Cruz é o técnico da seleção norte-americana de atletismo paraolímpico. O ex-atleta não acredita que a acessibilidade no Brasil é algo tão distante.

“Com o sucesso dos atletas do Brasil em Pequim, creio que o preconceito diminuiu um pouco. O esporte tem esse poder de modificar a consciência das pessoas. Atualmente, um pai não vai considerar que seu filho não pode fazer nenhuma atividade física por causa de uma deficiência. Os resultados no desporto adaptado demonstram que as pessoas com deficiência devem ter destaque nos estudos e no mercado de trabalho”, disse Joaquim, que iniciou seu trabalho em esportes paraolímpicos há três e meio.

Nenhum comentário: