sábado, 16 de agosto de 2008

O segredo de Cielo!

Cesar Cielo entrou para a história ao conquistar a primeira medalha de ouro da natação brasileira em uma Olimpíada. Ele bateu o recorde olímpico dos 50m livre, com o tempo de 21s30. José Afonso Medeiros, o Caco, experiente nadador de 41 anos, com três Jogos Paraolímpicos no currículo e injustamente não-convocado para Pequim-2008, comentou sobre o resultado e revelou o segredo do sucesso de Cielo e do fenômeno Michael Phelps.

“O Cesar tem uma tática fundamental para os resultados excelentes que conseguiu nos Jogos de Pequim. Ele utiliza a mentalização, um trabalho psicológico feito momentos antes de uma prova decisiva. O Michael Phelps também a utiliza”, diz Caco, atleta da classe S7 (mielite transversa).

O nadador explicou um pouco mais sobre a técnica. “Momentos antes de competir, Cielo bate nas costas e segura a baliza. Nós chamamos isso de âncora. Essa é a mentalização. Eu também fiz isso nas Paraolimpíadas, mundiais e parapan-americanos. Sentava do lado da baliza, fechava os punhos e me concentrava”, afirma o campeão, que não esqueceu da emoção ao ver o feito de Cesar Cielo.

“Chorei muito. Fiquei emocionado mesmo. Na semifinal, Cielo competiu na raia oito. Muita gente nadaria sem tanta motivação. Ele buscou o resultado. Fantástico! Eu achava que ele conseguiria o ouro, pela atitude e por causa da técnica”, conclui o supercampeão de 41 anos.

Nenhum comentário: