quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Basquete em cadeira de rodas




A seleção brasileira masculina de basquete em cadeira de rodas perdeu os dois amistosos contra os Estados Unidos, no último final de semana, na quadra do Lakeshore Foundation, nos EUA. No primeiro jogo, o Brasil perdeu por nove pontos de diferença (60 a 51). No segundo, venceu os dois primeiros quartos do jogo (29 a 26). Porém, no segundo tempo, os norte-americanos viraram para 63 a 51.

Segundo o técnico Itamar Silva, a fase preparatória para os Jogos de Pequim-2008 foi positiva. "As outras seleções brasileiras não tiveram uma oportunidade como a que tivemos. As partidas serviram para dar entrosamento à equipe. Agora, vamos consertar os erros", afirmou o treinador.

De acordo com o técnico dos Estados Unidos, Stephen Wilson, a renovação de alguns jogadores do Brasil pode ser o diferencial na Paraolímpíada. "Para nossa equipe, esse convívio nos treinamentos foi muito importante para também consertarmos nossos erros. O Brasil aumentou a estatura da equipe, com a entrada dos novos jogadores, e isso pode ser muito bom para eles em Pequim. Nós renovamos também. Esperamos conquistar o ouro na China", disse o treinador.

Recentemente, os norte-americanos venceram três vezes o Canadá: na final do Parapan-2007, na Copa América, em junho, e a última, na Copa Roosevelt.

A seleção brasileira masculina de basquete em cadeira de rodas ficou desde a última quarta-feira (dia 6) treinando diariamente no Lakeshore Foundation, um dos centros de atividades das modalidades olímpicas e paraolímpicas dos EUA.
Além das seleções brasileira e americana de basquete, a equipe de Rugby em Cadeira de Rodas dos Estados Unidos também utilizou o espaço para a preparação final antes dos Jogos.

Um comentário:

Jorge disse...

Ola amigo: quis o invitarte que você visita o blog que eu estou fazendo com meus estudantes do segundo ano do secundário na DISCRIMINAÇÃO.
assunto
arduous e interessante de http://nodiscrimine.blogspot.com
Certamente será de seu affability.
Nós convidamos-lhe que você leu o que você por favor dele e você lhe fazem uma opinião sobre ele mesmo.
Sua contribuição será valiosa.
No blog você encontrará um tradutor da página em diversas línguas se você a necessitar.
Um hug de Argentina.